"A leitura faz ao homem completo; a conversa, ágil, e o escrever, preciso."
(Francis Bacon)
Concordo plenamente, por isso resolvi compartilhar aqui minhas leituras e algumas escritas baseadas naquilo que costumamente leio.
Sinta-se à vontade!

17 de mai de 2011

A história de duas irmãs - Parte 3

A cura
A passagem de Lucas 10 não nos diz qual foi a reação de Marta à repreensão de Jesus, mas encontramos em João 11:19-27, uma Marta bem diferente àquela de Lucas 10:

19 - E muitos dos judeus tinham ido consolar a Marta e a Maria, acerca de seu irmão.

20- Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa.

21 - Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.

22 - Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.

23 - Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.

24 - Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.

25 - Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;

26 - E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?

27 - Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.


Marta ao ouvir que o Mestre vinha saiu-lhe ao encontro! Os muitos judeus que estavam em sua casa já não era um obstáculo para seu encontro com o Senhor.


Marta teve um coração receptivo ao diagnóstico que o Mestre lhe dera em Lucas 10, e isso proporcionou-lhe a cura. Transformando a ansiosa Marta numa pessoa que sai ao encontro do Mestre deixando os embaraços para trás, pois agora sabe e crê que nosso Senhor é quem é capaz de solucionar nossos problemas, mesmo que seja a morte.

O diagnóstico que Marta recebeu foi o de ter um coração ansioso e afadigado, a preocupação com muitas coisas! E quantas Martas temos hoje! Quantas vezes não somos martas! A preocupação excessiva é nociva e nos afasta de Deus. Pesquisas estatísticas nos mostram que:

- 40% das preocupações são coisas que nunca acontecerão;

- 30% se referem ao passado que não pode ser mudado;

- 12% dizem respeito à crítica alheia que na maioria das vezes não tem fundamento;

- 10% são sobre saúde, que piora com o estresse;

- 8% se referem a problemas de verdade, que podem ser resolvidos.

Não é em vão que encontramos na Bíblia cerca de 365 vezes a expressão: “Não temas”! Jesus nos disse: “Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” Mateus 6.34.

A melhor parte

Assim como Jesus acolheu Maria para se sentar aos seus pés na sala de estar e convidou Marta para deixar a cozinha por um instante e gozar da melhor parte, Jesus nos convida para vir. Quando dedicamos primeiro nosso tempo em sua presença - quando reservamos um momento para ouvir a voz de Deus – Ele providencia a força de que necessitamos para levar a mais pesada carga!

Marta ao ser sensível à repreensão do Mestre não tentou ser igual à Maria, simplesmente obedeceu. Aprendeu que há o momento para trabalhar e o momento para adorar. Marta passou por uma renovação e no capítulos 11 de João encontramos uma mulher cheia de fé, que faz uma declaração, uma afirmação de fé incrível: 27 - Disse-lhe ela: "Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo". E além dessa compreensão teológica, encontramos no versículo 28 a mudandça mais doce de todas: “E, dito isto, partiu, e chamou em segredo a Maria, sua irmã, dizendo: O Mestre está cá, e chama-te.” Não havia mais rivalidade entre as irmãs, não havia mais ressentimento, nem competição. E, naquela hora, ao invés de tentar afastar Maria dos pés de Jesus, Marta os indicava. Estava claro que esta não é a mesma mulher que encontramos em Lucas 10, mas sim uma Marta de coração transformado. É o tipo de coração transformado que todas nós desejamos, mas passamos a maior parte da vida nos perguntando como alcança-lo. Podemos ganhar um novo coração sendo receptivas ao ensino, à repreensão do Senhor. E ser receptiva envolve três coisas:

- Estar disposta a ouvir;

- Agir conforme o que ouvimos;

- Corresponder à disciplina.

A última passagem que encontramos sobre Marta e Maria é em João 12.1-3: "Foi, pois, Jesus seis dias antes da páscoa a betânia, onde estava Lázaro, o que falecera, e a quem ressuscitara dentre os mortos. Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. Então Maria, tomando um arrátel de ungüento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento."
Encontramos Marta servindo, mas ela o faz com um coração atencioso. A serva ocupada torna-se uma aluna concentrada no momento em que Marta sorve cada palavra do Senhor.

Maria talvez começou a noite sentada aos pés de Jesus, mas, em vesz de apenas ouvir, ela oferece tudo o que tem. Com um gesto terno prepara o mestre para seu sepultamento. A aluna contemplativa tornou-se serva eficiente no momento em que Maria demonstra seu amor através de sua ação.

É preciso equilíbrio! Equilibrar o trabalho e a adoração! Não se pode colocar a carroça na frente dos cavalos! Ambos são importantes, mas se a carroça vir na frente não dará certo! A adoração deve ocupar o lugar primordial nas nossas vidas, devemos aprender a fazer primeiro as coisa importantes e depois as urgentes. Pois é só através da adoração, somente aos pés de Jesus que encontramos a melhor parte: A salvação não tem nada a ver com o que eu faço, mas com o que Jesus fez.

As palavras de Jesus para Marta são as que Ele deseja falar ao seu e ao meu coração: “Estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária.”Mateus 11:28-30:"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve."

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe registrado o seu comentário, a sua opinião, é importante para o crescimento desse trabalho.

"O que ama a correção ama o conhecimento;"Pv 12:1a

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...