"A leitura faz ao homem completo; a conversa, ágil, e o escrever, preciso."
(Francis Bacon)
Concordo plenamente, por isso resolvi compartilhar aqui minhas leituras e algumas escritas baseadas naquilo que costumamente leio.
Sinta-se à vontade!

23 de ago de 2012

24 horas ou bilhões de anos?


Sempre me perguntei acerca da criação do mundo quanto seria mesmo o tempo de " E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro." Gênesis 1:5

Há dois (é claro) entendimentos para a questão:
  1. A tarde e a manhã se referem sim a 24 horas;
  2. A tarde e a manhã são períodos de tempo, podendo ser até bilhões de anos.
A citação que sempre ouço (inclusive eu já fiz uso dela) para o entendimento #2 é o versículo de 2 Pedro 3:8 " Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia."

Cientistas também argumentam a favor de que esse período se refere a um longo tempo. O matemático John C. Lenoxx, em seu livro "Por que a ciência não consegue enterrar Deu?" expõe fatos e descobertas científicas, com argumentos de colegas cientistas como ele, alguns laureados pelo prêmio Nobel inclusive, a defesa de que a ciência não está em contradição com a existência de um Deus Criador.

Mas algo me chamou a atenção hoje.
Não proponho resposta pronta e acabada, mas reflexão, até porque me considero uma aprendiz eterna no que diz respeito às coisas celestiais, não tenho as respostas, mas as procuro.

C. S. Lewis em seu livro "Milagres" argumenta que "em todos esses milagres o Deus encarnado realiza, repentina e localmente, algo que Ele já tenha feito ou geralmente faça. Cada milagre escreve para nós em letras miúdas aquilo que Deus já escreveu, ou escreverá, em letras quase grandes demais."

Acerca do primeiro milagre de Jesus, quando transformou água em vinho, Lewis escreveu: "A cada ano, como parte da ordem natural, Deus faz o vinho. Isso se realiza pela criação de um organismo vegetal que pode transformar a água, o solo e o sol num suco que, sob condições adequadas, se transformará em vinho. Assim sendo, em certo sentido, Ele constantemente converte a água em vinho, pois este, como todas as bebidas, não passa de água modificada. Uma vez e num ano apenas, Deus, agora encarnado, reduz o processo: transforma a água em vinho num momento, usando jarras de barro em lugar de fibras vegetais para reter a água."

Aqui eu paro e observo:
  • Era um início de seu ministério, o início da execução do plano da salvação predito lá no Gênesis quando o homem pecou;
  • O homem demora muitos anos pra fazer um bom vinho, mas ao provarem o vinho instantâneo de Jesus não tiveram dúvida de que era um bom vinho!
Concluo que Jesus estava ali nos mostrando a grandiosidade de seu poder, a capacidade de fazer o Universo em 7 dias sim, mas que sob a análise da ciência dos homens seria algo de bilhões de anos!

Mas, sinceramente não importa! Pra mim o que importa é que foi Deus quem criou o Universo e criou a mim também, e que me ama tanto que morreu por mim!

Concluindo, essa reflexão encerra-se com a simples lembrança do fato: O meu Deus não se prende a tempo e espaço! Logo, 7 dias de 24 horas ou bilhões de anos não fazem diferença!


0 comentários:

Postar um comentário

Deixe registrado o seu comentário, a sua opinião, é importante para o crescimento desse trabalho.

"O que ama a correção ama o conhecimento;"Pv 12:1a

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...