"A leitura faz ao homem completo; a conversa, ágil, e o escrever, preciso."
(Francis Bacon)
Concordo plenamente, por isso resolvi compartilhar aqui minhas leituras e algumas escritas baseadas naquilo que costumamente leio.
Sinta-se à vontade!

17 de nov de 2011

Jesus Cristo - parte 3

O último ponto que iremos abordar é a respeito da morte de Jesus. Sua morte cruel não foi o fim. Anunciaram que ele ressuscitou dentre os mortos, e a evidência circunstancial de sua ressurreição é irresistível. A própria natureza dia após dia nos anuncia as obras de Deus; o padrão da Morte e Renascimento está na natureza porque se achava em Deus no princípio, o plano de Deus para remir o homem caído. A semente não pode dar seu fruto se primeiro não cair em solo e morrer (Jo 12.24). Morrer para depois ressurgir. 

As evidências de sua ressurreição podem ser resumidas em quatro declarações: 


· Seu corpo desapareceu – tudo o que se diz como tentativa de explicar esse fato, fora da questão da ressurreição, pode ser facilmente refutado; 

· As vestes do sepultamento estavam intocadas – a posição das vestes e a ausência do corpo testemunham a ressurreição de Jesus; 

· Muitos viram o Senhor – Não havia na época um forte desejo interno de encontrar Jesus ressurreto, ao contrário, quando Jesus se colocou no meio de seus discípulos após ressurgir ficaram surpresos e atemorizados, Tomé recusou-se a crer, a não ser que pudesse tocar nas feridas de Cristo. Ele não foi confundido com um fantasma porque era a Nova Natureza; Jesus é a primícia da Nova Criação. Os discípulos passaram a anunciar a ressurreição e sua fé se baseava em fatos reais e de comprovada veracidade. 

· Os discípulos foram transformados – a ressurreição transformou o medo de Pedro em coragem, a dúvida de Tomé e, fé. E pode transformar a sua vida também. 

E qual é a natureza da obra de Cristo? 

Ele veio para perdoar nossos pecados, restaurar nossa comunhão com o Criador que é santo, e de quem nossos pecados nos separaram. Veio para nos libertar de nosso egoísmo e nos dar força para viver de acordo com nossos ideais. Veio para nos ensinar a amar uns aos outros, amigos e inimigos do mesmo modo. Isso é o que significa salvação. 

Se você está convencido de que Jesus é o Filho de Deus que veio para salvar o mundo, eu te digo que isso ainda não é o bastante. Ser cristão não é apenas crença, implica também ação. É preciso colocar nossa fé em prática. 

Devemos assumir um compromisso com o Senhor Jesus, de coração e de mente, alma e vontade, entregando nossas vidas a ele sem reservas. Devemos confiar nele como nosso Salvador e nos submetermos a ele como nosso Senhor; só então estaremos prontos para assumirmos nossos lugares como membros fiéis da igreja e cidadãos responsáveis dentro da comunidade. 

Faça a sua escolha. Examine os fatos!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe registrado o seu comentário, a sua opinião, é importante para o crescimento desse trabalho.

"O que ama a correção ama o conhecimento;"Pv 12:1a

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...