"A leitura faz ao homem completo; a conversa, ágil, e o escrever, preciso."
(Francis Bacon)
Concordo plenamente, por isso resolvi compartilhar aqui minhas leituras e algumas escritas baseadas naquilo que costumamente leio.
Sinta-se à vontade!

28 de abr de 2011

Páscoa - Diálogo com os filhos.

Nesses dias de comemoração da Páscoa vivenciei uma situação com meus filhos que penso que vários pais cristãos protestantes já vivenciaram: explicar e convencer as crianças de que coelho e ovo de chocolate não tem nada a ver com a Páscoa.


Sempre tivemos, eu e meu esposo, o cuidado de estudarmos a Bíblia com nossos filhos, mas sabemos também que eles não estão livres da influência do mundo não-cristão, a começar pela escola. Infelizmente escolas cristãs de qualidade são raridade, tenho de admitir que essa área não recebe muita atenção no nosso meio, então, por conta das escassas opções e levando-se em conta também a distância e a organização da rotina diária, optamos em colocar nossos filhos em escolas não-cristãs, ou laicas.

O problema são, por vezes, os efeitos dessas escolas no dia-a-dia das famílias, um deles é a pressão do meio anticristão – não se pode esperar que uma criança saiba discernir sempre o que é bíblico e se posicionar, num ambiente hostil onde ela foi colocada pelos pais.Mas devemos nos lembrar do que Jesus nos disse em  João 17:15: "Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal".  Pra estarmos "livres" dos conceitos errados que o mundo tenta inculcar em nossas mente e nas dos nossos filhos é necessário estarmos sempre estudando a Bíblia, pois "conhecereis a verdade e a verdade vos libertará".

Pois bem, voltando à cena que comecei descrevendo no início desse post, tive o cuidado de explicar para meus filhos o verdadeiro sentido da Páscoa, li com eles o Pão Diário Infantil, que trouxe uma explanação maravilhosa sobre o assunto, mas na segunda-feira, logo após o feriado da páscoa, meu filho chega da escola e me diz: "Mamãe, o coelho simboliza a fertilidade e como Jesus tem muitos filhos, logo o coelho pode simbolizar Jesus." Juro que arrepiei! Por um momento tudo o que havíamos estudado com eles parecia que tinha ido por água abaixo. Novamente conversamos e expliquei a eles que aqueles eram símbolos pagãos que nada tinham a ver com Jesus.

Sei que terei que ter muitas outras conversas desse tipo com eles, afnal as crianças constroem vínculos afetivos com seus professores e lhe dão muito crédito, e muitas vezes os próprios professores se veem obrigados a dar esse tipo de ensino.

Não podemos deixar nunca de conversar com nossos filhos, saber a que tipo de ensino estão sendo expostos. Creio que para resolvermos parte desse problema devemos sempre estudar a Bíblia junto com nossos filhos, e orar muito, pedindo ao nosso Pai que nos dê sabedoria para criá-los nos caminhos do Senhor.

Você já vivenciou uma situação semelhante? Deixe seu comentário.

Clique abaixo para ouvir o post:

 

4 comentários:

Valéria Santos disse...

Que texto maravilhoso; que Deus me dê inteligencia para conversar assim com os meus 2 filhos.

parabens pelo texto

Quenia disse...

Obrigada Valéria. Deus nos dê a sua benção!

Anônimo disse...

Lc 17:32 Lembrai-vos da mulher de Ló. Não foi por acaso que o Senhor Jesus recomendou aos seus discípulos a lembrança de um personagem nada recomendável. Ao contemplarmos a silhueta de uma estátua de sal as margens do Mar Morto, a lembrança sombria que temos é de alguém que não soube o que é obedecer. Ela tinha ao seu lado o marido, as filhas e os anjos que a conduzia e advertia sobre o perigo que lhe rondava. Nada disto para ela superava o valor de suas riquezas que seriam devastadas em alguns minutos. Será que estamos valorizando o que? Os bens? A família? Deus que nos adverte? Porém, jamais podemos esquecer que somos apenas mordomos de tudo que temos como nosso, nem mesmo o nosso corpo nos pertence. (1 Co 6:19). O nosso dever é somente administrá-los, e melhor ainda, haveremos de prestar contas com Deus de tudo que fizemos por meio deste corpo, se o fizemos bem feito, ou mal feito. (2 Co 5:10). A voz que não quer calar é: “Lembrai-vos...” BFS com meu abraço!!! Pr Walter.

Quenia disse...

Obrigado pastor Walter! Me fez refletir! Volte sempre, pois aprendo muito com o Sr.

Postar um comentário

Deixe registrado o seu comentário, a sua opinião, é importante para o crescimento desse trabalho.

"O que ama a correção ama o conhecimento;"Pv 12:1a

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...