"A leitura faz ao homem completo; a conversa, ágil, e o escrever, preciso."
(Francis Bacon)
Concordo plenamente, por isso resolvi compartilhar aqui minhas leituras e algumas escritas baseadas naquilo que costumamente leio.
Sinta-se à vontade!

25 de nov de 2013

Nadando em águas profundas.


Quando eu era menina brincava na areia da praia, a água não chegava nem aos tornozelos, as ondas eram bem tranquilas... Eu me deitava, rolava, corria, não tinha preocupações, me divertia.

Cresci, a orla da praia já não bastava, e além disso, Ele me chamava a águas mais profundas, me convidava a conhecer uma nova realidade: corais, peixes brilhantes e coloridos, um mundo totalmente submerso, eu precisava me arriscar, era o momento de aprender a nadar.


Confiantemente me joguei nas águas do mar, agora não tão tranquilas, mas confiei Nele que me chamava. Pensava que enquanto estivesse sob obediente submissão e confiança Naquele que me chamou a águas mais profundas nada poderia acontecer de ruim (ruim sob a minha perspectiva).

Mas a realidade se mostrou diferente. Enquanto ia adentrando aquelas águas desconhecidas conheci o medo de me afogar, o medo de sucumbir. É certo que conheci coisas que jamais teria conhecido se não tivesse me arriscado, é certo que Aquele que me chamou sempre esteve do meu lado, me jogando pra cima quando as forças acabavam ou o medo me paralisava, Ele sempre estava do meu lado me ensinando a nadar, a mergulhar naquele mundo maravilhoso, submerso em águas (graça), me apontado as maravilhas da natureza dali. Enquanto eu mantinha os olhos fixos Naquele que me chamou eu esquecia a profundidade das águas e da braveza das ondas que me açoitava por todos os lados...

Mas me vejo aqui, de novo na orla, estou na praia olhando para aquele lugar mais adiante, me lembrando do mundo maravilhoso, dos mergulhos, da beleza. Por que estou aqui e não lá? Tive/tenho medo! Mas mesmo assim Aquele que me chamou continua me chamando docemente, me convidando a mergulhar em sua graça, me chamando de volta... Meu coração sente que, apesar das dificuldades, é lá que devo estar, preciso progredir, não posso ficar pra sempre em águas rasas, preciso nadar!! 


Então, levantarei e me lançarei em águas profundas, nadarei e mergulharei na companhia Daquele que me chamou. Há uma outra margem na qual preciso chegar.

                                                                      xx

"Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino." 1 Coríntios 13:11

"Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações;
Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.
Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma." Tiago 1:2-4

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe registrado o seu comentário, a sua opinião, é importante para o crescimento desse trabalho.

"O que ama a correção ama o conhecimento;"Pv 12:1a

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...